2. lug, 2021

02 Julho - Zélia Gattai

Hoje em São Paulo em 1916 nascia a escritora, fotógrafa e memorialista Zélia Gattai Amado de Faria. Filha de emigrantes italianos de origem toscana e veneziana, desde cedo participou com a família do movimento político-operário anarquista que se expandiu entre os imigrantes italianos, espanhóis e portugueses no início do século XX. Partilhou cinquenta e seis anos da sua vida casada com o também escritor Jorge Amado. Aos 63 anos começou a escrever suas memórias. O seu livro de estreia foi Anarquistas, graças a Deus.

Seguimi:
www.eddytur.it
www.instagram.com/eddyiguazu/
www.facebook.com/eddybedendo

Hoje em São Paulo em 1916 nascia a escritora, fotógrafa e memorialista Zélia Gattai Amado de Faria. Filha de emigrantes italianos de origem toscana e veneziana, desde cedo participou com a família do movimento político-operário anarquista que se expandiu entre os imigrantes italianos, espanhóis e portugueses no início do século XX. Partilhou cinquenta e seis anos da sua vida casada com o também escritor Jorge Amado. Aos 63 anos começou a escrever suas memórias. O seu livro de estreia foi Anarquistas, graças a Deus.

Seguimi:
www.eddytur.it
www.instagram.com/eddyiguazu/
www.facebook.com/eddybedendo

Ultimi commenti

27.10 | 04:57

Muito bem lembrado! São muitas as implicações e as análises possíveis de interpretação. Aqui no blog, onde se trata de arte e não de psicanalise ou ética, eu me limito à descrição artistica do mito.

27.10 | 03:33

Eddy, na Grécia Antiga, uma humilhação devia ser retribuída, aquele que não o fazia passava por dupla vergonha, a desonra sofrida e a covardia por não cobrar vingança; em Medéia a questão é ética.

06.10 | 06:35

Sono ansioso di conoscere le due performance.

28.09 | 11:33

👏👏👏

Condividi questa pagina